Páginas

A tal prisão sem grades


Curte uma trilha sonora? Vai até o finzinho do texto e aperte o play, agora é respirar fundo e boa leitura ♥

Ela acabou de se arrumar e já está pronta. Está na sala. Gastou sua melhor maquiagem, no que pensou que seria a sua melhor noite. Usou seu melhor perfume. Seu melhor vestido, aquele que deixava ela meio menina, meio mulher. Colocou o batom vermelho que tanto gostava, ela parecia mais forte quando usava ele, era seu escuto invisível, alias não tão invisível assim. Colocou seu salto preferido, se olhou no espelho e se achou linda. Pensou mais uma vez na noite perfeita que iria ter. Pobre garota. Dez, onze, meia-noite. Ligações não completadas, rede fora de área, lagrimas nos olhos, coração partido em mil pedaços.


Se sua intenção era fazer ela ter ódio de você, meus parabéns, você conseguiu e dá pior maneira possível. Quebrou seu coração, seus sonhos e suas promessas, tudo de uma só vez. Ali, sozinha com seus pensamentos, desejou um papel, e embora caíssem algumas lágrimas nele, elas acabavam se transformando em palavras, palavras que acabaram por formar este texto. Pensou em porque as pessoas insistem em fazer promessas o tempo todo, se nem ao menos tem a capacidade de cumpri-las.

Foi até o espelho. Olhou a sua maquiagem perfeita, já não estava tão perfeita assim. Lavou o rosto. E agora de cara limpa, ela pensou na vida, nos sonhos, nas decisões. Percebeu que se não tomasse uma atitude iria continuar vivendo ali, naquela tal prisão sem grades. Limitada a aceitar o que lhe fosse imposto. Não, definitivamente não era isso que ela queria, ela queria apenas um resgate daquela vida, monótona, parada e sem acontecimentos, que fizessem seu coração acelerar e seu estômago esfriar. Não precisava ser um príncipe, não precisava vir de cavalo, não precisa ser o cara mais inteligente do mundo, talvez nem precisasse ser um cara. Poderia apenas ser um acontecimento, que mudasse o curso das coisas, que reorganizasses os rumos.

Não queria ter uma vida igual a de outras 100 mil pessoas na face da teria, queria se sentir única, útil. Pegou o lápis de olho preto, colocou bem forte nos seus olhos e passou aquele rímel que dava mais volume, olhou no espelho e já não via aquela garota ingênua sentada na sala com a maquiagem perfeita, esperando alguém que não chegou, agora estava com cara de garota que já apanhou dá vida e usava o lápis preto pra esconder emoções e superar obstáculos, e ninguém desconfiava daquela sutil armadura, podia até ser que naquela noite, aquilo não fizesse diferença, mas amanhã ela faria diferente, ela seria diferente. A prisão sem grades, já não fazia tanto sentido agora, afinal, ela já tinha descoberto o segredo pra fugir daquela prisão. E ele tinha até nome - Autoconfiança.

Se você não confiar no seu potencial, na sua capacidade de chegar aonde quer, está fadada ao fracasso, a mesmice, a viver na tal prisão sem grades, afinal, ninguém pode ser confiante por você, porque ninguém sabe o que passa dentro do seu mundo, aquele que você guarda a sete chaves. Libere os pássaros e os pesares. Liberte-se das amaras invisíveis que você insiste em carregar ♥


  


Fan Page do blog ♥   
Beijos e até a próxima.

43 comentários:

  1. Oi Luh!
    O que dizer dos seus textos? Nunca sei o que falar pra ti, só que eu acho eles tipo assim... Perfeitos.
    E com a música da Christina fez o desfecho harmônico! Ela se encaixou perfeitamente *-*
    Adorei a mensagem final que você deixou!!
    Um beijo s2

    queridosquinze.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carol, você sempre me motivando cada vez mais, obrigado mesmo pelo apoio ♥

      Excluir
  2. Oi linda! da um help ? visite meu blog e se gostar siga e comente q eu retribuo :
    omundodekimberly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. o texto deixa bem claro liberte-se do passado do que te faz medo.viva o hoje o agora seja mais você seja livre.Parabéns amiga gostei muito e um incentivo pra nós mulheres refletir .

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse conto! Achei muito simbólico a personagem em frente ao espelho passando lápis no olho... Invoca o símbolo da rebeldia, da liberdade, da experiência e da maturidade. E a música da Christina Perri realmente teve tudo a ver com o texto, to até sem vontade de sair agora da página e interromper a música, rsrs.
    Quer saber, vou deixá-la aberta.

    A thousand of Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Diego, que bom que tu gostou :)

      Excluir
  5. Aii que lindo!! Adorei mesmo, vou fazer sempre isso de ouvir a música, ainda mais essa que é linda!!
    Passando para desejar um ótimo dia!
    Beijo grande.
    yarasousa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adooorei ♥
    Eu amo muito essa música tb :)
    http://sonhando-porai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que lindo,eu sou apaixonada por essa música amor.
    Seguindo,segue.
    http://roses-andbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Woooooooow
    eu amei, sério!! Você escreve muito bem!!
    http://perfeitateen.blogspot.com.br/ <3

    ResponderExcluir
  9. Awwwwwwwwwwn eu simplesmente amei esse conto passa pra as pessoas terem confianças em sim mesmo que assim tudo dará bem ^^
    -se puder dá uma passadinha no meu blog flor ^^
    http://t-e-e-a-m.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que texto lindo! A verdade é que temos que sempre confiar em nós mesmas e sermos sempre nossa melhor versão!

    Adorei conhecer seu blog, ele é super fofo! Estou te seguindo!

    Beijos da Bru

    http://www.umagarotaeseujeans.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Bru, é isso mesmo, temos que acreditar no nosso potencial :)

      Beijão :8
      http://pequenosviciosdiarios.blogspot.com.br/

      Excluir
  11. Que lindo! *-* Adorei o texto!

    Beijos!
    controversias-blog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Aww que texto lindo, me identifiquei de cara com "Colocou o batom vermelho que tanto gostava, ela parecia mais forte quando usava ele".
    Adorei, beijos <33
    sorrisoselivros.com

    ResponderExcluir
  13. eu praticamente senti todo o sentimento do seu texto o/ amei.
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. ameii,,muito lindo esse texto,,
    beijoss

    ResponderExcluir
  15. Adorei a mensagem do seu texto, nos mulheres somos muito sensíveis + nem por isso vamos deixar de ter *Autoconfiança* parabéns Lu fico muito lindo
    http://21eain.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Ameeei o texto Lu, acho que todo mundo tem essas "amarras" invisíveis né? Beijoss
    http://oblogdamandi.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também acredito que sim, mais temos que nós permitir certas coisas as vezes, senão ficamos sempre presas no mesmo lugar :)

      Excluir
  17. Adorei o texto! Pra mim foi uma renovação da autoestima, amei <3
    xoxo
    http://www.universovanguarda.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá Luana, vim retribuir sua visita e Puft! Dou de cara com um texto lindo desses... Então não tinha como deixar de comentar né?! Adorei seu cantinho! Volte sempre lá ta? Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sâmela, fico feliz que tenha te agradado :)

      Excluir
  19. Belo texto, gostei da mensagem que ele transmite.

    http://mundodeariel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. maravilhosa reflexão! Quantas e quantas vezes nos prendemos nesse prisão se grades..

    grande abraço!

    http://princessandfashion.wordpress.com

    ResponderExcluir
  21. Amei o texto,as vezes me sinto assim em uma prisão sem grandes, mas aos poucos a gente a prende que o nosso sucesso só depende de nós mesmos. blog lindo Lu (posso te chamar assim?)
    Beijos
    http://crescendoaospoucos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  22. Precisava ler isso... demorei mas foi no tempo certo!!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem deixar um comentário né?!

* Comente e eu retribuo;
* Deixe a sua URL para que eu possa te visitar;
* Não xingue;
* Não deixe comentários Ofensivos;


Meu e-mail para um possível contato é luanasphinelly@hotmail.com

Aceitamos, Dúvidas, sugestões, Criticas construtivas ou um simples elogio.
Se você leu essas regrinhas, tenha certeza de que vou retribuir sua visita!

Beijos, Luana Sphinelly.