Páginas

Prezado Sr. Cupido

Antes de ler, vá até o final e aperte o play. Esse música se encaixou perfeitamente no texto.

Oi. Pois é, sou eu aqui novamente. Talvez essa seja a centésima primeira carta que escrevo ao senhor. Talvez, até tenha outras mil pessoas na fila a minha frente. Talvez eu já tenha esgotados as minhas chances de fazer uma história de amor dar certo. Mas tentar é algo que me motiva, me motiva e me dá esperanças. Espero que você não se zangue comigo, não é minha intenção. Mas é que nesses últimos anos, eu tenho mudado tanto de gosto e as coisas que eu queria a meia hora atrás não são mais as mesmas que eu quero agora.


Sei que o senhor é bem ocupado e já deve ter perdido tempo demais, com uma garota tola como eu, que está em busca de um príncipe que talvez só exista em sonhos e contos de fadas. Sabe, eu eu estava sentada em uma praça, bem movimentada da minha cidade, olhando pro nada, pensando na vida e comendo pipoca. Um casal sentou em um banco, próximo ao meu, eles pareciam tão felizes e apaixonados, trocando carinhos, olhares e beijos. Fiquei péssima  queria corre e fugir dali, pra poder chorar em paz, sem que nenhum estranho me perguntar se estava tudo bem. Estranhos podem ser bem inconvenientes  quando querem.

Mas fiquei ali, apreciando aquela cena, com um nó na garganta, eu confesso. Então, lembrei da última carta que te escrevi e das especificações sobre que tipo de 'príncipe', lê-se cara, que eu queria. Lembrei do termino do meu namoro com o Felipe e de como ele já não era tudo o que eu queria. Tirei o bloquinho de papel e caneta da bolsa e inspirada por aquele casal, com características épicas, resolvi escrever-lhe mais uma carta. Prometo que será a última. Sem muitas exigências.

Eu só quero um amor que me consuma, que  faça o meu coração parar apenas com um olhar. Quero me sentir segura ao seu lado, mas não totalmente, quero sentir  um pouco de perigo. Tem que ter mistério, quero desvendar todos os seus segredos. Quero aventura e paixão, tudo no mesmo pacote. Mais acima de tudo quero viver no limite, no limite desse amor, sem saber o que me espera no dia seguinte. Quero asas, para me jogar sem medo de aterrissar. Quero que ele tire os meus pés do chão, segure minha mão, olhe meus olhos, e me diga tudo o que eu quero ouvir. E ainda assim, quero alguém que brigue comigo, mais que me ame loucamente, e que esse seja o tempero, que transforme a rotina, em fogo. Igual ao primeiro dia. Que todos os dias seja mágicos e únicos. fim.

Não é pedir demais, só quero viver um romance, que me mova e me tire dessa zona de conforto que me encontro. Quero sentir aquele misto de instabilidade, conquista e posse.






20 comentários:

  1. Gostei da música, porem espero um final feliz para você!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, mais é apenas uma crônica. *----*

      Excluir
  2. Olaa! Adoooorei seu blog =) To seguindo!
    http://socidadedamodafeminina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. até chorei aqui, num sei nem oque falar é uma situação tão dificil , mas oque eu posso dizer é que dias melhores estão por vim
    beijos
    http://segredosdabelezaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Essa música me deixa sem fôlego, amo demais ♥.♥
    Como sempre arrasando nos textos né ;)
    Beijão
    sorrisoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é linda mesmo né? Obrigado Débora *-----------*

      Excluir
  5. Nossa Lu que lindo :p eu me cansava de tanto pedir isso para o cupido + valeu a pena esperar estou muito feliz :> a musica fico perfeita adorei parabéns pelo post
    http://21eain.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que bom. Obrigado Helen, fico super feliz :)

      Excluir
  6. Meu cupido veio com defeito, só pode, porque olha...
    Mas otexto é lindo! Parabéns!

    Beijinhos,
    Nina
    www.storytimestoryteller.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que texto e música lindos demais. Como é bom um amor que nos tira da rotina, né.
    Estou te seguindo. Bjus!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A crônica é linda Luh! *-* Eu amei!!!
    Quem não quer um amor assim, né? Posso dizer que eu encontrei o meu e estou muito feliz!
    Beijos
    Estante das Fadas


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade Carol. Obrigado amore. Fico feliz que goste. De verdade :)

      Excluir
  9. Não adianta pedir nada educadamente ao Sr. Cupido. Trata-se de um garoto mimado que não entende nada, e sai por aí, vendado, atirando flechas para todos os lados, criando amores impossíveis, ilusões perdidas. Tem é que meter o tapa na cara desse deusinho e falar: ou você me dá um amor assim ou vai continuar apanhando da vida!!! rsrsrsrs
    Nossa, seu texto ficou lido demais, amei!!

    Abraços!

    Peças de Oito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. shaushuahsua disse tudo Diego. Adorei seu comentário, já estava com saudades sumido ^^

      Beijão :*

      Excluir
  10. Oi Luana,

    Puxa que lindo seu blog. Estou te seguindo e vou linkar seu blog em minha página de sites e blogs que me inspiram.
    A cor traz uma paz e seus textos são agradáveis.
    Também tenho um blog. Passa lá para conhecer...

    www.minhasinspiracoes.blogspot.com.br

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que prazer, ler esse seu comentário Socorro. Obrigado pelo carinho. Fico super feliz. :)

      Excluir

Não vai sair sem deixar um comentário né?!

* Comente e eu retribuo;
* Deixe a sua URL para que eu possa te visitar;
* Não xingue;
* Não deixe comentários Ofensivos;


Meu e-mail para um possível contato é luanasphinelly@hotmail.com

Aceitamos, Dúvidas, sugestões, Criticas construtivas ou um simples elogio.
Se você leu essas regrinhas, tenha certeza de que vou retribuir sua visita!

Beijos, Luana Sphinelly.