Páginas

Da prateleira para o cinema


Como verdadeiros leitores que somos, sempre preferimos os livros ao invés do filmes. Quase sempre as adaptações dos nossos livros favoritos acabam nos decepcionando, sempre falta um detalhe, que enquanto estávamos lendo e criando no nosso imaginário determinada cena, seria primordial. Ou seja, Quando ficamos sabendo que 'o livro vai virar filme', já nos perguntamos, se tal cena ou diálogo irá existir, só que nem sempre é possível, satisfazer leitores tão exigentes e detalhistas, como eu, como nós.

Ta rolando um alvoroço pelo mundo virtual e real também, mas não seria pra menos. Dois grandes Best seller's, estão saindo das nossas prateleiras e virando filme. É amigos, eu estou falando dos filmes, A meninas que Roubava Livros e A culpa é das estrelas. Um Já foi gravado e está apenas aguardando o seu lançamento e o outro começou a sair do papel agora. Um demorou mais de 7 anos pra ganhar uma adaptação, já o outro não precisou esperar tanto tempo pra isso.




O filme é baseado no best-seller do australiano Markus Zusak. A história é narrada em uma Alemanha nazista, Liesel é deixada pela mãe e adotada por um casal vivido por Geoffrey Rush e Emily Watson, que também ajudam Max (Ben Schnetzer), um judeu foragido. Antes disso o irmãzinho da Liesel morre, e no enterro dele ela encontra um livro. Ela passa a roubar livros e descobrir neles a esperança perdida durante a guerra.


O filme estreia nos EUA em novembro e está previsto para chegar no Brasil dia 31 de janeiro.


Confesso pra vocês, que ainda não li esse livro, alias nem tenho. Mas váriiiiiias pessoas me indicaram como sendo incrível. Espero ler antes de ver o filme. Abaixo o trailer, que já saiu, pra vocês ficarem com água na boca.




A segunda adaptação é do queridinho dos últimos tempos. A culpa é das estrelas, nem esquentou nas prateleiras e já vai ganhar uma adaptação. O livro narra à história de Hazel Grace, uma menina de 16 anos sobrevivente de um câncer. Ao longo da trama ela se apaixonar por Augustus Waters, um ex-jogador de basquete que perdeu uma perna pra um tumor que atingiu os seus ossos. A partir daí eles começam a lidar com todas as conseqüências dessa nova vida de forma mais sarcásticas e ainda aprendem várias descobertas comuns da adolescência.

Ainda no início das gravações, já temos os personagens principais definidos. A adaptação será dirigida por Josh Boone e produzida por Marty Bowen e Wyck Godfrey, a dupla responsável pela Saga Crepúsculo.




Hazel é interpretada pela atriz Shailene Woodley, e August será interpretado pelo ator Ansel Elgort. A atriz Shailene, até cortou seus cabelos pra entrar no clima do personagem.


Hazel Grace Lancaster, a narradora de A culpa é das estrelas, é uma leitora voraz, com uma sensibilidade bastante própria e ideias afiadas, e tem câncer de tireoide com metástase nos pulmões. Gosta de All Stars Chuck Taylors, tem um livro de cabeceira e sabe o que Magritte quis dizer com “Isso não é um cachimbo”.



“Ansel é muito esperto e supercarismático, tudo que eu sonhei para Augustus Waters”, disse John Green ao Entertainment Weekly. “Eu sou, por natureza, pessimista e cauteloso, mas vou apenas dizer que agora que temos Shailene e Ansel, estou total e completamente empolgado com esse filme.”

O filme só chegará as telonas em 2014. Comprei o livro, mas ainda não tive tempo de ler. Então se vocês assim como eu, ainda não leram nenhuma das duas obras, ainda da tempo de ler antes de correr pra ver o filme.

15 comentários:

  1. Acredita que já tentei ler A menina que roubava livro três vezes e não consigo sair do começo da história?

    Espero que o filme seja legal!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. AAh, A culpa é das estrelas vai se perfeito!! <33
    Amei o post!

    Beijos
    Batom De Framboesa.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Giu. Espero ler o livro em breve :)

      Excluir
  3. Oi Lu!
    Bom, eu comecei a ler o "A menina que roubava livros" e detestei. Logo, deixei o livro de lado.
    A culpa é das estrelas eu tenho vontade de ler mas ao mesmo tempo acho que vou chorar do início ao fim. Então, vou adiando a leitura.
    Enfim, espero que os filmes sejam bons.
    Beijinhos.
    http://llaranjas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Nossa. Agora mais do que nunca preciso tirar minhas conclusões :)

      Excluir
  4. Eu tentei ler A Menina Que Roubava Livros mas desisti, não estava na vibe pra esse tipo de livro. Agora vai ter a bienal do livro aqui no Rio, vou ver se compro os dois! Acho que pra nós, leitores, falta também um esforcinho pra entender o lado dos roteiristas né? Imagina que difícil resumir um livro enorme em algumas horas haha Beijos gatinha ;*

    http://noseubolsoo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. O livro A menina que roubava livros é maravilhoso
    Quero muito assistir ao filme e ver se vai ser tão emocionante quanto

    Já estou curtindo e seguindo
    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Vou ver se leio logo esses dois livros antes deles saírem nos cinemas =)

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  7. Acho que sou o único que não está nem aí para o filme "A Menina que Roubava Livros", né? HAUHUAHHUA ODIEEEEI o livro, não consegui gostar! Já A Culpa é das Estrelas estou muito animado, muito mesmo! O livro é tão bonitinho *_*

    Raí ~ raiwrites.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu tô me impressionando com a quantidade de gente que não gostou do livro :/

      Excluir
  8. Ano que vem vai ser lotado de estréias boas!!!
    Beijos

    http://diariosdeumafangirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não vai sair sem deixar um comentário né?!

* Comente e eu retribuo;
* Deixe a sua URL para que eu possa te visitar;
* Não xingue;
* Não deixe comentários Ofensivos;


Meu e-mail para um possível contato é luanasphinelly@hotmail.com

Aceitamos, Dúvidas, sugestões, Criticas construtivas ou um simples elogio.
Se você leu essas regrinhas, tenha certeza de que vou retribuir sua visita!

Beijos, Luana Sphinelly.