Páginas

No meu tempo não era Bullying


Já perceberam a banalidade com que hoje, o termo bullying vem sendo utilizado?, Parece que tudo agora virou bullying. Tudo agora é uma causa ganha, afinal, eu também poderia afirmar que sofria de bullying e quem vai dizer o contrário? Todos passamos por certa fase de nossas vidas em que tínhamos apelidos, em que sofremos por conta de alguma gozação. Se perguntarmos aos nossos pais eles irão afirmar com toda certeza que na época deles também havia, aquele carinha que era zoado de Nerd, por só tirar nota 10. 


Há um limite entre o aceitável e normal e o que é excessivo e prejudicial, e é isso que as pessoas não estão sabendo distinguir. Sabe, a escola é uma selva e existe um tipo de cadeia alimentar no Ensino Médio, onde tudo é muito mais intenso. Como conciliar as descobertas da puberdade, a aceitação do seu corpo e pressão do vestibular nessa selva adolescente? É preciso que seja ensinado que existe uma linha tênue que separa as atitudes ‘normais’ dos adolescentes, por mais anormais que elas pareçam, com as atitudes de bullies. 


O bullying sempre existiu e talvez esse seja o fato que mais me irrita, quando vejo alguém tocar nesse assunto tão polemizado hoje. Anos atrás as vítimas eram chamadas de CDFs, nerds ou puxa-sacos. Eram jovens que se sentavam nas primeiras fileiras de carteiras na sala de aula, prestavam atenção no professor e na matéria lecionada, faziam e respondiam perguntas, faziam o dever de casa e,conseqüentemente, tiravam boas notas. O contraponto era a "turma do fundão”, formada por rebeldes e descolados.

É inevitável dizer que Bullying é normal, e vai sempre existir, cabe a nós acostumar-se. A solução não está no sofá da Oprah, não está no Jornal Nacional, não está na diretoria. A solução está na sua atitude, na consciência dos futuros cidadãos. Afinal, o que vai contar é se você vai entrar na brincadeira e levar de boa, ou se aquilo é algo que realmente lhe incomoda e te faz mal, não falo das agressões físicas porque já é a gota d'água. Mas entenda que o resultado final, depende da sua atitude.

Chamar alguém de gordo não te torna mais magro, chamar alguém de idiota não te deixa mais inteligente, estragar a vida de alguém não te torna mais feliz, temos que tentar resolver o problema diante de nós, é isso que esperamos que as pessoas aprendam. Que diferenças, existem, e cabe a cada um aceita-las. Pare, de uma vez por todas, com essa mania de colocara culpa de tudo no bullying, não é por ai que vamos resolver o problema. 

Luana Sphinelly, Fica extremamente irritada quando o bullying é mal interpretado. Coisas da contemporaneidade. Afinal se eu te xingo e você não se incomoda, porque dizer que isso é bullying.



12 comentários:

  1. Lú amei o post. Só discordei um pouco do final a pessoa pode não se incomodar na presença mas pode ficar super mal e angustiado(a) quando estiver só. Talvez a pessoa não reagiu no momento da agressão verbal por medo da aquilo ir mais além. O bullying é uma "doença" na qual todos deveriam se conscientizar que essas atitudes fazem mal ao outro e que prejudica a pessoa. Dou graças à DEUS por não ter sofrido bullying(Já tive apelidos sem graça mais quem não teve não é mesmo?) Mais sei que o bullying faz muito muito mal pois já li histórias que nos emocionam e fazem a gente perceber o quão o ser humano pode ser cruel. É isso lú amei o seu post e achei muito linda as palavras que tu "disse" Beijos lindona fique com DEUS♥
    http://feriasemparis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu penso numa forma de que brincadeiras só se tornam brincadeiras se todos aceitarem e ninguém se magoar ou se ferir com a tal. Um exemplo é alguém me chamar de algo e eu não ligar,levar na brincadeira. Agora tem aquele limite,tem pessoas que falam coisas pesadas para magoar mesmo,ao ponto de nos fazer ficar sem auto-estima ou confiança em nós mesmos, tem também aquela tal história de um grupinho perseguir uma pessoa não só com xingamentos e sim com outros tipos de provocações.. como empurrar a pessoa,humilhar ela diante dos demais. Infelizmente hoje em dia uma brincadeirinha vira bullying, mas temos que saber separar uma brincadeirinha de algo sério. Já fui vitima,não só apelidos mais também xingamentos,empurrões,difamação e persiguição,até contas fakes falando de minha pessoa e problemas meus pessoais. Quem dera só fossem apelidinhos,mas sempre passaram do limite. Algumas coisas podem sim ser brincadeiras,agora tudo tem um limite.

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo plenamente, o bullying existe? É claro que existe, mas a certos limites para distingui-lo

    ResponderExcluir
  4. "tipo de cadeia alimentar no Ensino Médio" Concordo plenamente heheuah, já tentaram zoar comigo muitas vezes, mas eu nem me importo lol. Você disse tudo :)
    xoxo
    sorrisoselivros.com

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto. Hoje em dia quando alguem ri que você caiu já começa a falar que é Bullying, enquanto há pessoas realmente sofrendo coisas muuito sérias, como alguns filmes e novelas tentam mostrar.

    Beeijos,
    tem post novo *-*
    http://girlswithstyles.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Concordo. Tem algumas pessoas que acham que tudo é bullying como "ai eu tropecei e ele riu de mim sofri bullying" não é isso! As pessoas não se tocam de o que é bullying de verdade,eu já vi muitas pessoas que sofriam bullying. Mas tudo começa com uma simples brincadeira.
    Um beijo
    http://bombasticmusics.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Verdade! affz esse negocio de Bullying sempre existiu e agora o pessoa coloca um drama excessivo.

    acidamentesensivel.com

    ResponderExcluir
  8. na verdade bullying só existe se vc der espaço pra isso continuar, pq se voce se importar, ficar triste, ficar mais agressivo ou qualquer atitude que a pessoa q pratica quer q vc tenha, isso ira se tornar algo repetitivo, então o segredo é não se importar, eu tinha um apelido e percebi q so tinha virado apelido dps q eu mostrei nao gostar, dps q eu começei a ficar nem ai, ninguem me apelidava mais (:, e se for parar pra pensar tb qualquer brincadeira é bullying, acredito q a palavra está sendo mt banalizada tb.

    www.eaimenina.com

    ResponderExcluir
  9. Realmente os adolescentes estão fora de controle e isso n é apenas culpa dos pais também tem a ver com a faze q estão passando e essa distorção de certo e errado q estamos vendo por toda parte esta piorando tudo infelizmente :'( adorei o tema do post
    http://21eain.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Sinto concordar com você... Hoje é tudo bullying. Se botou o pé pra cair, é bullying. Se chamou fulana de bonita e não chamou a cicrana é bullying. É tão fácil recorrer à essa palavra quando as vezes ouvimos aquilo que não queríamos né? Claro que tem sim agressão verbal e das feias, mas acho que hoje ainda estamos muito melhores. Há mais recursos, mais meios de se defender.
    Pra resumir: Boa parte desse povo gosta mesmo é de um bom drama.

    Beijos
    http://estantedasfadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. haha' falou tudo garota
    adorei seus argumentos. pior que na nossa epoca em nome pras zoaçoes tinha né
    hoje em dia qualquer coisa é bulling
    eu sempre fui do estilo nerd e quando as pessoas brincavam eu nem ligava, mas hoje em dia é caso ate de policia, porq as pessoas estao interpretando mal o termo da palavra
    bulling pra mim é uma pessoa ser diferente, tipo gordinha, ter alguma deficiencia ou outra coisa a mais e ser agredida por isso
    porq apelidos é apelidos e não bulling - sóacho hihi
    beijoooos

    peequenavaidosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não vai sair sem deixar um comentário né?!

* Comente e eu retribuo;
* Deixe a sua URL para que eu possa te visitar;
* Não xingue;
* Não deixe comentários Ofensivos;


Meu e-mail para um possível contato é luanasphinelly@hotmail.com

Aceitamos, Dúvidas, sugestões, Criticas construtivas ou um simples elogio.
Se você leu essas regrinhas, tenha certeza de que vou retribuir sua visita!

Beijos, Luana Sphinelly.